Arquivo mensal: outubro 2013

Flocos e maracujá – O que ela diz

Ninguém sabe o quanto eu tentei me apaixonar por você. Tentei, e tentei com afinco. Mas o que eu posso fazer se estou tão louca por ele? Vai, pode falar o quanto eu sou estúpida por escolher alguém que não sabe qual é o meu sorvete favorito e desliga o telefone aos sábados. Os amigos já espernearam, a família já julgou, e agora só falta você. Joga na minha cara o quanto eu sou burra por não estar em seus braços curtindo a sua perfeição tão irritante. Grita que eu vou me arrepender em pouco tempo e que você não estará mais disponível. Pode falar o que quiser. Mas a verdade, a mais pura verdade, é que só ele está em minha cabeça e em meu coração.

tumblr_lnkuxtyrq21qevipso1_500

E cá fico eu, boba de saudade…

Eu gosto do seu colo tão amigo. Sempre me sinto melhor quando você chega com o seu abraço mais cheiroso e cheio de afago. Mas eu não quero apenas me sentir melhor. Quero aquele tremor que percorre todo o meu corpo quando estou deitada no peito dele. Ele nem se importa com perfumes. Chega todo suado do futebol, joga a blusa surrada em um canto da casa e deita nos meus lençóis limpos. Mas é isso que eu amo: o jeito todo sem jeito que ele pega nos meus cachos. Depois ele some com os amigos para os botecos sujos, pouco se lixando para os meus pedidos de companhia. E cá fico eu, boba de saudade, perdida entre chocolates e lembranças. Mas o que eu posso fazer se com apenas uma promessa de retorno meu coração se acalenta?

Sabe todas as poesias que você escreveu para mim? São tão lindas e fofas, mas não me arrancam suspiros apaixonados. Arrepio mesmo eu só sinto quando ele passa a barba no meu cangote. Não me leve a mal, eu só estou sendo sincera. Você é um cavalheiro que sabe exatamente o que fazer para me deixar contente. Eu que sou uma completa idiota que merece uma bofetada na cara. Às vezes, penso em ser sua. Penso de verdade. Mas é só ele soltar o sorriso mais descarado na minha direção, e eu já sei que sou dele – completamente dele.

Então, pode ir. Vá. Leva sua compreensão, paciência e atenção para alguém que realmente mereça. Leva suas letras mais lindas para uma pessoa que vai se sentir mais do que especial. Leva seus recadinhos e amor para quem vai retribuir. Acredite: queria tanto te querer. Mas a gente sabe que as coisas não são assim… Vá buscar o seu caminho, que eu vou me apegar às minhas pequenas alegrias que ainda são maiores do que as lágrimas. Ele comentou que não gosta quando eu aliso os cabelos e que ama os meus cachos. Você pode achar pouco. Mas eu prefiro acreditar que é um avanço surpreendente. Para ser ainda mais sincera, esse pequeno elogio valeu muito mais do que todos os seus dengos, cartas e canções. Vá. Eu vou ficar aqui na espera que um dia – quem sabe um dia – ele descubra que eu gosto de flocos com maracujá.